13 de out de 2013

O egoísta não reconhece a grandeza do amor de Deus

“Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz” (Lc 17,15).

Foram dez os leprosos que tentaram se aproximar de Jesus. A situação da lepra, na época de Jesus, era uma coisa muito dolorosa. Esses dez leprosos pararam a uma certa distância de Jesus, pois quem era leproso não podia se aproximar de quem não tinha lepra.
A lepra era uma impureza, não só material, mas também impureza no sentido religioso da Palavra, e por isso os leprosos mantiveram-se à distância, pois sabiam que Jesus podia fazer algo por eles. Por este motivo que de longe gritaram: “Jesus, tenha compaixão de nós!”. E Jesus pede que eles se apresentem aos sacerdotes. Enquanto eles deram atenção à Palavra de Jesus e foram adiante, perceberam no meio do caminho que estavam curados. A lepra havia desaparecido!
Mas, somente um voltou para agradecer. É importante lembrar que esse “um” era estrangeiro, não era judeu, não fazia parte do povo eleito, não era parte desse povo consagrado ao Senhor. Esse único estrangeiro, esse samaritano, voltou glorificando e bendizendo o nome do Senhor.
Jesus, então, diz a ele: “Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.
Hoje, nós precisamos aprender com este leproso do Evangelho que não basta pedir. A religião que só pede benefícios, que só busca receber os benefícios de Deus, mas não é capaz de nos ensinar a ter um coração grato, que glorifica o Senhor, nos mantêm cativos das nossas lepras e impurezas, porque a pior delas se chama “egoísmo”. E um coração egoísta é incapaz de reconhecer a grandeza do amor de Deus.
Essa maldita “lepra” que nos faz egoístas e orgulhosos, nos mantêm cativos de nós, presos ao nosso pecado; faz de nós pessoas que reclamam por tudo e quase não agradecem por nada, faz de nós pessoas muito ociosas, com um desejo, com ímpeto de somente receber graças e não viver em ação de graças.
A graça já acontece, a libertação vem ao nosso caminho, ao nosso encontro, quando temos um coração agradecido, quando sabemos reconhecer Deus na nossa vida. Seja mais agradecido! Seja mais homem e mulher do louvor, da ação de graças! Retire da sua vida o mal da murmuração, da reclamação, de viver sempre dizendo que as coisas não andam boas e tudo está mal.
O Deus de bondade está conosco. A Ele todo o louvor, toda a glória, toda a honra, toda ação de graças, pois quando você entrega o seu coração ao louvor, a bendizer o nome do Senhor, você verá que – a começar pela sua cabeça – aquilo que tanto o importuna e o deixa “para baixo”, já vai estar deixando a sua vida.
Que Deus seja glorificado e exaltado na nossa própria vida!
Deus abençoe você!
Fonte: http://homilia.cancaonova.com/ homilia do dia 13/10/13 - Padre Roger Araújo.
O que Deus me diz hoje: Que eu estou sendo muito egoísta. Preciso rezar muito e mudar muito, mas não será nada fácil. 
Lectio Divina:
1 - Leitura: três vezes.
2 - Meditação: o texto me diz para mudar os meus pensamentos e ser agradecida, pois ainda sou muito egoísta.
3 - Oração: Deus é bondoso e misericordioso. A Ele todo louvor e Glória, toda honra e ação de graças.
4 - Contemplação: Senhor acalma o meu coração que esta muito magoado e estraçalhado e eu nem compreendo porque estou assim tão depressiva, mas vejo que assim como estou egoísta estou magoada e magoando muita gente.
5 -  Compromisso para a minha vida: quero começar hoje uma nova fase em minha vida, pois Deus nos deixou o seu Espírito Santo. Deus hoje e sempre que eu agradeça as oportunidades em minha vida mesmo que elas não se concretizem, pois você meu Senhor colocará na minha vida o que for para o meu bem e o da minha família e sempre no tempo certo. 
Obrigada Senhor por me acordar para a vida. Que eu persevere, tenha sabedoria,  discernimento para saber viver com humildade escolher os caminhos para a minha vida e o caminho que me torne mais útil na vida e para a sociedade.

Nenhum comentário: