10 de out de 2010

Atos dos Apóstolos 4, 23-31 (pag-1417)


ORAÇÃO DOS FIÉIS PELOS APÓSTOLOS LIBERTADOS

Postos em liberdade, voltaram aos seus irmãos e referiram tudo quanto lhes tinham dito os sumos sacerdotes e os anciãos. Ao ouvirem isso, levantaram unânimes a voz a Deus e disseram:

"Senhor, vós que fizestes o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há. Vós que, pelo espírito santo, pela boca de nosso pai Davi, vosso servo, dissestes: Porque se agitam as nações, e imaginam os povos coisas vãs? levavam-se os reis da terra e os prícipes se reúnem e conselho contra o Senhor e contra o seu Cristo (Sal. 2, Is).

Pois, na verdade, se uniram nesta cidade contra vosso santo servo Jesus, que ungistes, Herodes e Pôncio Pilatos com as nações e com o povo de Israel, para executarem o que a vossa mão e o vosso conselho predeterminaram que se fizesse. Agora, pois, Senhor, olhai para as suas ameaças e concedei aos vossos servos que com todo o desassombro anunciem a vossa palavra. Estendei a vossa mão para que se realizem curas, milagres e prodígios pelo nome de Jesus, vosso santo servo!"

Mal acabavam de rezar, tremeu o lugar onde estavam, reunidos. E todos ficaram cheios do Espírito Santo e anunciavam com intrepidez a palavra de Deus.

O que Deus me diz neste domingo:

que é para rezar mais por todas as situações e em todas as situações e quando eu estiver cheia do Espírito Santo anunciar a sua palavra.

Nenhum comentário: